AS VANTAGENS DA VINCRISTINA

A Vincristina é um agente quimioterápico usado para o tratamento de neoplasias, e pertence a classe dos produtos naturais, pois é um alcaloide obtido de uma planta fluorescente comum, a Pervinca (Vinca rosea liné). Conhecida originalmente como leucristina. A baixa toxicidade da Vincristina para as células normais de medula óssea a torna uma droga extraordinária dentre as drogas antineoplásicas, sendo frequentemente utilizada em associação quimioterápica com outros agentes mielosupressores proporcionando poucos efeitos colaterais ao paciente. Outra grande vantagem é a sensibilidade desse fármaco, que em temperatura ambiente permanece estável até 28 dias, se não ultrapassar 30°C. Na prática também é observado, principalmente em casos de TVT, a ausência de quimiorresistência a Vincristina, situação muito comum de ocorrer.

A Vincristina atua especialmente sobre o ciclo celular, bloqueando a mitose com interrupção da metáfase. Esta ação biológica da Vincristina pode ser explicada por sua habilidade em unir-se com a tubulina, que é um componente chave dos microtúbulos celulares que dão origem ao esqueleto celular. A união da Vincristina com os túbulos é complexa e diferentes sítios moleculares estão envolvidos O fato mais evidente é que a inibição da formação do fuso mitótico e interrupção da mitose na metáfase.

A quimioterapia do câncer envolve o uso simultâneo de diversas drogas. Já que estas drogas possuem toxicidade e mecanismo de ação característicos, a associação deve ser feita de maneira que o aumento do efeito terapêutico ocorre sem adição de toxicidade, assim, a Vincristina é escolhida frequentemente como parte de uma poliquimioterapia, devido à ausência de supressão significante da medula óssea (em doses recomendadas) e pela sua toxicidade clínica característica. Isso ocorre porque muitos agentes quimioterápicos possuem como alvo as células em intensa divisão celular, atuando em tecidos neoplásicos assim como em tecidos normais que rapidamente se dividem, desenvolvendo efeitos colaterais hematológicos indesejáveis, devido a destruição das “stem cells” na medula óssea.

A utilização do Vincristina é extremamente eficaz como protocolo terapêutico na ocorrência de tumor venéreo transmissível de cães (TVT), devido a ótima relação custo/benefício e tempo de tratamento, com poucos efeitos colaterais. Amplamente empregada também na medicina veterinária em neoplasias hemolinfáticas como o linfossarcoma, leucemia linfoblastica aguda e sarcoma de células reticulares.

Deve ser aplicada exclusivamente por via intravenosa em intervalos semanais, com extrema cautela no cálculo e administração da dose de vincristina, pois a superdose acarreta reações adversas muito graves. O cálculo da dose e feito de acordo com a doença e a necessidade de medicamentos associados. É extremamente importante certificar-se de que a agulha ou cateter estejam corretamente inseridos na veia antes que qualquer quantidade de vincristina seja administrada.

Baixe nosso aplicativos
Play store App store